História do Tênis

A Origem do Tênis

História do Tênis

A história da humanidade esta repleta de relatos onde o homem batia numa bola com as mãos, palheta ou algum aparato. Estudos da literatura grega e romana mostram que jogos com mãos e bola remontam a pelo menos 3.500 anos. No Egito – datam a 1500 a.C, na Grécia – antes do século 5, na Persía –século 4 a.C e na Europa – século 8. A primeira versão da pratica do tênis se chamou la soule e surgiu por volta do século XII. Nela, se atirava a bola de um lado para o outro com as mãos ou com um taco, e podia se envolver até três participantes de cada lado. Como o controle da bola era mais fácil com as mãos, o nome se tornou natural “jeu de paume”. Estudiosos consideram que o mosteiro de Eton seja o seu berço, local que ainda guarda desenho de quatro quadras datadas de 900 anos atrás.

Quando o “jeu de paume” surgiu na França, por volta do século XIII, era praticado ao ar livre e com as mãos. No século XIV, começaram a serem construídas quadras fechadas.

O jogo ao ar livre tinha o nome de “jeu de longue paume” e o indoor era conhecida como “jeu de court paume”, jogado em recinto fechado, mas de técnica mais complexa e exigindo uma superfície menor para sua prática. As partidas eram disputadas em melhor de 11 jogos, saindo vencedora a equipe que fizesse primeiro os seis jogos. Eis porque, no tênis, os seis jogos (games) definem, em regra, uma partida (set).

Os nobres ingleses mantiveram o esporte em locais fechados, dentro de seus castelos, o que então teria dado origem ao termo “tênis real”. O sucesso do esporte entre a elite é facilmente explicado: a aristocracia se recusava a praticar qualquer jogo que exigisse contato físico.

Século XVI – A história do tênis entre os séculos XVI e XVIII o jogo da palma da mão era muito considerado por reis e nobre. Os jogadores franceses começaria o jogo da palma, gritando a palavra “Tenez” (Play!).

O que de fato transformou o tênis num esporte foi Wimbledon Tennis e por isso o tênis moderno tem data exata de aniversário. A primeira quadra foi construída em 1875 no distrito de Wimbledon, All England Croquet Club. Em 1877 foi realizado o primeiro Campeonato de Tênis Mundial no All England gramado de tênis e Croquet Club em Wimbledon, Londres, Reino Unido.

Em 1884 aconteceu em Wimbledon o primeiro campeonato aberto ás mulheres, e também foi introduzido o jogo de duplas masculino.

Em 1888 foi fundada a Lawn Tennis Association (LTA), a fim de manter as novas regras e padrões de tênis.

A entrada do tênis na América do Sul se deu no final do século XIX, entre Argentina, Brasil e Chile, coincidindo com a chegada ao continente dos engenheiros ingleses para a construção de ferrovias.

No Brasil o tênis foi introduzido por estrangeiros no “Rio Cricket”, em Niterói e na “Wahallah”, de Porto Alegre, por volta de 1898, estando sua coordenação desde 1955 a cargo na Confederação Brasileira de Tênis e Federações Estaduais, subordinados ao Conselho Nacional de Desportos.

Em 1900, foi iniciada uma disputa da taça DAVIS, que equivale ao campeonato mundial de equipes, repartidas por zonas geográficas (americana, europeia e oriental).

O tênis tomou considerável impulso, principalmente a partir de 1921, ano em que começou a realizar-se a taça Mitre (campeonato sul-americano individual e por equipes), e mais ainda depois de 1948, ao ser instituída a taça Patinõ (campeonato sul-americano individual e por equipes juvenis), troféus que têm sido ganho várias vezes pelo Brasil.

Dos tenistas sul-americanos destacaram-se internacionalmente a brasileira Maria Ester Bueno e o peruano Alex Olmedo, campeões de Wimbledon.

Acredita-se que o feito do australiano Jack Cawford, em 1933, quando esteve a um passo de ganhar os quatro grandes campeonatos da temporada, criou o termo “Gland Slam”.

Deixe seu comentário

*

Customizado por Dale! marketing digital