Como escolher o calçado ideal para a prática do Tênis

ilustração

Como escolher o calçado ideal para a prática do Tênis

Para os mais diferentes esportes encontramos a necessidade de adaptação adequada do calçado, seja para melhoria do desempenho ou para uma qualidade no conforto durante a prática desportiva.

Cada modalidade, de acordo com suas características peculiares, necessita de um determinado tipo de calçado que mais se adeque para uma melhora do rendimento e preservação da integridade física do jogador em questão. E dentro disso, é de fundamental importância saber qual é o tipo de calçado ideal para realizar determinada atividade física.

Muitas vezes, na hora de escolher o material necessário para a prática do tênis, os jogadores se preocupam apenas em como escolher a raquete ideal, mas acabam se esquecendo de que existem diversos outros equipamentos vitais a prática e a segurança da modalidade. Independente de ser iniciante, praticante intermediário ou profissional, é importante que o jogador adote alguns itens básicos, a fim de que a atividade possa ser realizada com toda segurança e conforto necessários.

No tênis, não é só a raquete, a tensão do encordoamento, a bola e a roupa que influenciam na hora do jogo, existe outro equipamento imprescindível, o calçado esportivo; Achar o calçado ideal para garantir o melhor desempenho no jogo, não é tarefa fácil, por isso, preparamos um material mostrando a importância do calçado para a prática do tênis.

A importância de um calçado adequado para a prática do tênis

A escolha de um calçado para diferentes quadras de tênis é tão importante quanto à escolha de um calçado para qualquer outra atividade. Os jogadores de tênis sabem o quanto superfícies diferentes podem afetar o seu jogo, mas poucos compreendem como a escolha do calçado pode facilitar a movimentação.

Antes de escolher o calçado correto para a prática do tênis, deve-se pesquisar bastante e levar em conta vários quesitos como conforto, resistência, estilo de jogo, superfície da quadra e necessidades biomecânicas.

A escolha certa do calçado ajudará a evitar diversos problemas, como por exemplo: lesões nas articulações, no joelho, coluna, quadril, torções e muitos outros.

As características básicas para a escolha de um calçado são:

  • Amortecimento concentrado na ponta dos pés: Diferente de outros esportes, no tênis o jogador fica a maior parte do tempo nas pontas dos pés (para maior agilidade) e não nos calcanhares como é mais comum. Os sistemas de amortecimentos variam de modelo para modelo, onde alguns possuem o amortecedor apenas no calcanhar, outros o amortecimento integral (ponta e planta do pé / calcanhar).
  • Barras de anti-torsão e solado com ranhuras específicas: Facilita o giro dos tornozelos, as constantes mudanças de direção, as freadas bruscas, as arrancadas e os arrastos (quadras de saibro). Com isso, o solado dos calçados específicos para o tênis, normalmente é mais pesado que um tênis de caminhada.
  • Diferentes borrachas: Proporciona maior resistência à deterioração dos componentes do solado e mais maciez para as freadas.
  • Anti-impacto: Ideal que o dispositivo anti-impacto esteja na sola inteira.
  • Acomodação: É importante que o calçado fique bem acomodado, ou seja, justo no peito do pé e no tornozelo, possuindo espaço suficiente nos dedos para livre movimentação, oferecendo o maior conforto ao jogador.
  • Tração: A tração é bem peculiar para cada tipo de esporte, tendo em vista que esta característica pode ser a diferença de um bom desempenho – exemplo: os deslizes no saibro, conhecidos como “Surfing in the Clay” (Surfando no saibro).

Observação: Não se esqueçam de que os sitemas anti-impacto e anti-torsão, possuem uma validade aproximada de 01 (um) ano, dependendo da frequência de uso do atleta.

Levando em consideração essas características, pode-se fazer uma escolha do calçado ideal para a prática desportiva, e com isso maximizar o desempenho esportivo, e o mais importante, minimizar o risco de lesões, estas que causam prejuízos para jogadores de alto rendimento, bem como praticantes do esporte social que objetiva somente o lazer desportivo para melhoria na qualidade de vida.

Sistemas de Amortecimento

O Amortecimento de um calçado de tênis é um fator importantíssimo, pois está totalmente ligado a regiões bastante castigadas de um tenista, que são os joelhos, tornozelos e a coluna. O sistema de amortecimento auxilia na redução de impacto entre 30 e 38% sobre as articulações, de acordo com o nível de peso exercido sobre o referido sistema, evitando possíveis lesões articulares.

Quando comparamos o amortecimento de um calçado de corrida com um destinado à prática do tênis, a tendência é acharmos que o de corrida tem muito mais amortecimento. Mas é preciso observar, que as características e biomecânica do movimento de cada modalidade, se difere uma da outra, e com isso o padrão de amortecimento de um calçado para CORRIDA é totalmente diferente de um calçado para jogar TÊNIS. A título de informação, corredores tem em média um impacto sobre as articulações de 2 a 3 vezes o peso do corpo, tenistas em média 4 vezes o peso do corpo, e jogadores de basquete e de vôlei cerca de 10 vezes o peso do corpo.

Os tenistas passam a maior parte do jogo com os calcanhares fora do piso, sobrecarregando mais a parte da frente dos pés, o que faz com que os calçados para tênis tenham mais amortecimento e tecnologia na parte da frente do que na parte de trás.

Tênis Asics Gel Resolution 5

Sistema de Amortecimento em Gel – Gel com base de silicone, colocado em locais estratégicos para absorção do impacto.

Tênis Adidas Barricade 6

Sistema de Amortecimento adiPRENE – A tecnologia adiPRENE foi desenvolvida com um material de alta absorção para amortecer e proteger o calcanhar no momento do impacto com o solo. Na biqueira mantém a propulsão e a eficiência.

Tênis Nike Air Max Courtballistec 3.3

Sistema de Amortecimento Air Max – Tecnologia exclusiva de amortecimento, que oferece excelente amortecimento e maior leveza aos jogadores. Possuem bolsa de ar embutida na entressola do calçado, oferecendo uma solução durável e versátil.

Tênis Lotto Raptor Ultra Velocidade IV

Sistema de Amortecimento Syn-Pulse – Esse tipo de tecnologia adiciona um explosivo primeiro passo para aqueles que gostam de correr o curso em ritmos elevados. A sola é feita de uma borracha composta de folhas, facilitando a movimentação na ponta dos pés.

Tênis K-Swiss Approach 2

Sistema de Amortecimento Shock spring – Localizada no calcanhar e na parte da frente do calçado, para maior amortecimento. Três camadas de E.V.A, sendo a principal pressurizada.

Tênis Yonex Power Cushion

Sistema de Amortecimento Power Cushion - Recebeu uma atualização com um novo design de três camadas que agora absorve mais o impacto das quadras duras, transferindo a energia de volta para o pé de forma mais rápida, para uma melhor circulação.

Calçados para diferentes superfícies de quadra

calçado para jogar tênis é diferente de outros calçados, pois existem solados diferentes para cada tipo de piso e, com isso, é preciso escolher o calçado conforme a superfície da quadra em que a partida será jogada, tornando assim o deslocamento mais fácil.

Um calçado para jogar tênis possui solado muito mais alto e mais reforçado nas partes estratégicas, garantindo maior durabilidade. Em sua maioria, são mais pesados do que os calçados comuns.

As superfícies de jogo podem ser divididas da seguinte forma:


  • Clay Court ou Saibro

Basicamente feita com argila e terra, essa quadra ainda recebe uma cobertura de pó de tijolo. O calçado específico para jogar nela é a versão Clay – com o design mais baixo do que os de piso rápido e possui o padrão chevron – no solado, que precisa ser mais abertos e profundos. O calçado para essa superfície requer cuidado na escolha, pois a sola deverá ser pouco agressiva de forma a não danificar a superfície e, ao mesmo tempo, não impedir o deslizar do jogador, evitando paragens súbitas, que poderiam originar lesões.

  • Grama ou Grass

Esse tipo de piso é feito de grama e, consequentemente, o mais rápido para o jogo. Dificilmente encontraremos quadras desta superfície no Brasil, pois aqui são raridades. Os calçados para essa superfície são feitos especialmente para não danificar muito a grama, e possuem pequenos birros em forma de “pitões” no solado, para aumentar a tração e deixar o tenista prevenido contra escorregões.

  • Piso duro, rápido ou hard court

Diferentes tipos de quadras se encaixam nessa categoria, por exemplo: as com piso tartan, grama artificial, cimento e asfalto. Os calçados para essas superfícies são facilmente encontrados, uma vez que elas são as mais utilizadas para jogos.

Por necessitar de reforço em áreas como as laterais e as que cobrem os dedos, esses calçados são mais pesados do que os outros, mas sua durabilidade também é maior.

Apresentam também o tradicional padrão chevron no solado, feitas em borrachas com grande resistência à abrasão, oferece tração para as freadas e arranques constantes e é bastante reforçado nas zonas de maior desgaste como nos dedos e lateral.

  • Piso indoor ou liso

Superfície menos comum, a prática de tênis em pavilhão, que poderá ser feita em pisos de relva artificial, madeira ou pisos sintéticos, exige sapatos com solas praticamente lisas e claras, evitando travamentos bruscos e marcação do piso.

Observação: Vale a pena investir em um bom calçado específico para a superfície de jogo, não só pelo seu nível de jogo, mas também pela sua integridade física.

Características dos calçados para jogar Tênis

Fonte: Fabrizio Tivolli
  • Calçados para conforto

O calçado é grande responsável em ajudar não apenas o joelho, mas também o calcanhar, tornozelo, coluna e outros. Quando se ganha em conforto, infelizmente se perde em durabilidade. Mas isso é muito relativo, pois depende de qual piso, quantas vezes e como se usará o calçado. O ideal é saber qual prioridade seguir. Ressaltando que o conforto é sempre a melhor opção, independente da durabilidade do calçado.

Seguem alguns modelos:

Asics Gel Resolution: Este tênis tem diversas gerações e é muito conhecido entre os profissionais. Possui a mesma tecnologia de amortecimento dos calçados de corrida da Asics e tecnologia na entressola do calçado, que molda o tênis ao formato de seu pé. Ideal para todos os tipos de superfície.

Yonex SHT 306: É um dos tênis mais leves do mercado, com amortecimento em todo o solado, que mesmo com o desgaste natural, mantém o tênis com amortecimento. Não é muito indicado para tenistas muito pesados por uma questão de estabilidade. Ideal para todos os tipos de superfície, disponível no modelo CLX (apenas para saibro).

Adidas Feather IV: Com ventilação 360 graus e extremamente leve, este calçado é ideal para quadras de saibro. Seu solado é desenhado e projetado para este tipo de piso, mas pode até usar em quadra dura, mas sua durabilidade fica comprometida.

Lacoste Repel 2: Tênis mais baixo, amortecimento em todo o solado e boa estabilidade. Possui em seu solado pontos de giro (para saibro), mas é ideal para qualquer tipo de superfície.

  • Calçados para durabilidade

Como foi dito anteriormente, quando se ganha em durabilidade, perde-se um pouco em conforto, porém isso não significa que estes calçados não tenham conforto, apesar de não serem os mais confortáveis.

K-Swiss Stabilor: Reúne as melhores tecnologias da marca, é bem estável, robusto e seu solado tem boa durabilidade, principalmente em quadras rápidas.

Babolat Propulse II: Tem solado com o mesmo material do pneu Michelin, que garante boa durabilidade. Seu solado foi desenhado de maneira a ajudar na movimentação do tenista em quadra, daí seu nome. Ideal para quadras rápidas.

Adidas Barricade: Esse modelo dispensa apresentações, é um dos mais renomados calçados do esporte. Seu solado garante excelente durabilidade, talvez um pouco mais pesado que muitos modelos existentes, mas tem seu conforto. O solado possui ponto de giro para o saibro, mas pode ser usado em qualquer superfície.

  • Calçados “Custo x benefício”

Esta linha de calçados muitas vezes reúne as melhores tecnologias de cada marca, muito embora também possa possuir boas tecnologias não sendo as melhores. São excelentes calçados, com preços mais acessíveis, e no geral, são ideais para todos os tipos de superfície, possuindo boas tecnologias de amortecimento.

Seguem alguns modelos:

Head Extreme | Prince T22 | Yonex 107 | Asics Gel Game | Babolat Team all court IV | Babolat Team Clay III (saibro) | Adidas Tirand III

  • Calçados Básicos

Esta linha é normalmente usada por tenistas que não procuram nada específico. Com um bom custo, oferecem durabilidade razoável, são no geral um pouco mais pesados e possuem pouco amortecimento. Este tipo de tênis é ideal para todos os tipos de superfície:

Seguem alguns modelos:

Nike Citycourt (unissex) | Wilson Advantage | Babolat Drive (unissex) | K-Swis Reviere

Existem outros modelos de calçados de grande qualidade e tecnologia, que constam nessa lista ou não, que podem obter opiniões diferentes, de acordo com quem, quanto tempo, onde e quando foi utilizado.

Deixe seu comentário

*

Customizado por Dale! marketing digital