A Contagem no Tênis

Como funciona a contagem no tênis?

Pode parecer complicada, mas a contagem no tênis é mais simples do que parece. Entenda melhor o porquê das pontuações 15, 30, 40, game.

Como surgiu?

“No século XI, o sistema foi adotado pelo precursor do tênis, o jeu de paume, (“jogo de palma”, em francês), muito popular entre os monges da França e da Itália, no qual a bola era rebatida com a mão contra uma parede”, diz o jornalista Chris Bowers, autor do livro The Book of Tennis (“O Livro do Tênis”).

A sequência original usava 45 em vez de 40 e ia até 60, que corresponde ao game. Essa contagem surgiu pelo mesmo motivo que as horas e os minutos são divididos em 60 – esse número era à base do sistema numérico antigo sexagesimal, que surgiu antes de prevalecer o sistema decimal. Em 1876, na tentativa de padronizar essa contagem, dividiu-se o game em 4 partes iguais, fechando um círculo como no mostrador do relógio: 15 para o primeiro ponto, 30,45 e 60 para os próximos pontos do game, correspondendo a toda uma volta do ponteiro do relógio; contagem adotada no primeiro torneio de Wimbledon, em 1877. Outra versão, é que os europeus se baseavam nas medidas do sextante. A sexta parte de um círculo (o sextante) tem 60 graus. No passado, para vencer o adversário, um jogador deveria ganhar seis sets compostos de quatro games, cada game valendo 15 pontos. A pontuação total resultaria em 360 graus, que corresponde ao círculo completo. Isso também explica a razão pela qual, no início do século XVIII, começou a se considerar um set uma partida com seis games. A fórmula é a seguinte: 15 minutos x 4 = 60 graus; 60 graus x 6 games = 360 graus (1 set). O ciclo estava fechado! Com o tempo, a progressão geométrica 15, 30, 45 foi modificada e o terceiro ponto passou a ser 40. O número teria sido modificado para facilitar o anúncio no marcador. Para simplificar a contagem, substituiu-se o 45 por 40, por ser mais fácil e rápido de ser pronunciado e eliminou-se o 60, ficando apenas “game”.

Existe também a explicação que diz que, se uma dupla ganhasse um ponto, poderia sacar no lance seguinte e avançar 15 jardas. Se ganhasse novo ponto, sacaria mais 15 jardas à frente, 30 à frente da linha de base. No terceiro ponto, iria sacar mais 10 jardas à frente, ou 40 a partir do ponto inicial. No próximo ponto, ganharia o jogo. Então vejamos: Existiam mais três linhas ao fundo da quadra, que só valiam para o serviço. A linha de base (fundo), outra linha a 15 polegadas, outra a 30 polegadas e mais uma a 40 polegadas. Teoricamente, quem era o sacador obtinha uma enorme vantagem e dificilmente o seu serviço era quebrado.

Quando o tênis surgiu em sua versão moderna, ainda se tentou usar uma contagem diferente. “Os pontos eram contados linearmente de 1 a 15, formando o equivalente ao game”, diz Bowers. Quatro anos depois o sistema atual entrou em vigor e foi amplamente adotado pelos praticantes, já acostumados com a contagem que prevalecia desde a Idade Média. Em 1970, a liga americana até tentou modernizar a contagem usando a sequência 0, 1, 2, 3 e 4 (game). Apesar de ser aparentemente mais lógica, a alteração não pegou, prevalecendo à contagem tradicional.

No Jogo

As partidas de tênis possuem um sistema de pontuação, que subdivide o jogo em pontos, games e sets.

O ponto

Começa a ser disputado quando o jogador que está sacando joga a bola para o outro lado da rede, de modo que ela caia dentro da área de serviço. Quando o jogador saca e a bola bate na rede conseguindo atingir o quadrado onde deveria, acontece o famoso “let” e  ele tem a chance de sacar novamente. São duas tentativas para se iniciar o ponto, se em ambas as tentativas resultar em faltas, uma dupla falta é chamada, e o oponente vence o ponto. Perde-se o ponto quando: a bola não ultrapassa a rede; a bola pinga fora dos limites da quadra; a bola pinga duas vezes dentro de um dos lados da quadra. Somente a raquete pode tocar a bola (exceto no saque, onde o lançamento da bola é feito com as mãos).

O game

É um conjunto de pontos, onde no mínimo quatro pontos são disputados no game. A contagem é feita por 15-30-40-game. Caso chegue-se a uma contagem de 40-40, o jogador que vencer dois pontos seguidos vence o game. Cada game tem um jogador responsável por recolocar a bola em jogo: serviço ou saque.

O set

É a divisão de uma partida de tênis, composta por vários games. Um conjunto de games forma o Set (1-2-3-4-5-set).

No tênis de alto rendimento, é comum que o jogador que serve fature o game, já que tem a vantagem do ataque e dita o ritmo do jogo. Desta forma, uma das estratégias de jogo é tentar inverter esta vantagem durante a troca de bola ou durante a defesa fazer com que o adversário, através de erros, perca os games em que está sacando. Ganha o jogo aquele que atingir um número de sets pré-definido – geralmente em melhor de três, quem vencer 2 sets,  e se for uma partida masculina de Grand Slam, em melhor de cinco sets, quem vence 3 sets, ganha.

Caso ambos os tenistas cheguem a seis games (sem que nenhum deles abra dois games de diferença para o adversário), joga-se um tiebreak, ou desempate. Aí, quem vencer sete pontos (sempre pensando que é preciso estar, no mínimo, a dois de vantagem do oponente para vencer), ganha o set.

Em alguns Grand Slams (como Australian Open, Wimbledon e Roland Garros), caso os tenistas empatem em dois sets, o último set não tem tiebreak, ou seja, eles ficam jogando até alguém abrir dois games de vantagem.

Pode-se também, em casos especiais pré-definidos (sempre no último set do jogo), jogar-se um Super Tie-Break, onde aquele que atingir 10 pontos, com uma diferença de dois para o adversário, ganha.

Quando dois tenistas empatam em 40, geralmente diz-se 40 iguais, ou somente iguais. Caso o sacador faça o ponto seguinte, diz-se “vantagem a favor”. A favor de quem? Do sacador. Se quem ganha o ponto seguinte é o recebedor, diz-se: “vantagem contra”. Contra quem? O sacador. Todos os pontos são “cantados” em relação ao sacador. Então, se você estiver sacando e fizer o primeiro ponto, diz-se: 15 a 0, ou 15/0. Se quem fez o ponto foi o adversário que está recebendo, diz-se: 0 a 15, ou 0/15. Da mesma maneira em relação aos games. Caso você esteja sacando e esteja perdendo por 3 games a 2, dirá: 2 a 3, ou 2/3.

Contagem Jogo de Duplas

Atualmente, os jogos de duplas da ATP possuem um formato de contagem um pouco diferente do convencional. São dois os pontos divergentes:

  1. Quando as duas duplas estão empatadas em 40 em um game, a dupla que está recebendo o saque escolhe qual jogador receberá. Aí, quem fizer esse ponto ganha o game.
  2. Caso as duplas empatem em 1 set a 1, joga-se – ao invés de um novo set – um match-tiebreak, que nada mais é do que um tiebreak até 10 pontos. A dupla que fizer 10 pontos primeiro (sempre com dois de vantagem), ganha a partida.
  3. Em duplas mistas, o jogador do mesmo sexo do sacador deve receber o ponto decisivo. Os jogadores da dupla que estiver recebendo não podem mudar de posições para receber o ponto decisivo.

2 comentários

  1. Franco disse:

    Otimas dicas, muito bom.

  2. Mike disse:

    Esclarecedor. linguagem simples, muito bom.

Deixe seu comentário

*

Customizado por Dale! marketing digital